Projeto ‘PoA Sem Bituca’ voltará a ativa na capital gaúcha

Tempo de leitura: 1 minuto

Se bitucas de cigarro fossem sementes, certamente Porto Alegre (e muitas outras cidades do mundo) estariam cheias de plantas.

“Bitucas não são sementes” é, justamente, o novo slogan do projeto ‘PoA sem Bituca’, que surgiu em 2015 e durou até 2016.

Para marcar a volta do projeto, o ‘PoA Sem Bituca’ estará Centro de Porto Alegre, no Largo Glênio Peres, nos dias 19 e 20 de julho.

A ideia é incentivar a população a diminuir as pontas de cigarros jogadas no chão diariamente.

Para isso, o projeto irá trocar bitucas por mudas de hortaliças, temperos ou plantas. Quem tiver 20 bitucas ganhará uma muda de hortaliça, 50 será muda de tempero e 100 uma muda de planta.

Entenda o projeto

É uma iniciativa que surgiu em 2015 que visa coletar e dar destino correto as bitucas de cigarro de Porto Alegre.

O projeto também faz o descarte correto dessas bitucas. São levadas até Nova Santa Rita e substituem carvão mineral em fornos da indústria de cimento.

Por que não deu certo da primeira vez?

De acordo com Flávio Costa Leites, coordenador da Eco Prática, idealizadora do projeto, a falta de interesse da população em apoiar e falta de conscientização dos fumantes foram os principais motivos. Além disso, o projeto também sofreu com falta de verbas por parte da Prefeitura.

Por esse motivo, desta vez as bituqueiras serão feitas de material reciclado, o que barateia sua produção, e serão reforçadas para que não haja depredação delas – problema grave enfrentado na primeira vez que o projeto foi implantado.

Para não esquecer

  • Onde? Largo Glênio Peres
  • Quando? 19 e 20 de julho
  • Que horas? A partir das 9h
20 bitucas = uma muda de hortaliça 🥕🥒🍆
50 bitucas = uma muda de tempero 🌱🌿
100 bitucas = uma muda de planta 🌵🌼🌳

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *