É possível se prevenir para evitar assaltos?

Segurança_Volpato_Assaltos

Cenários de roubos e abordagens violentas em assaltos já tornaram-se comuns na maioria das capitais brasileiras. O aumento da violência traz a insegurança para a população, a descrença nas autoridades e abre as portas para a atuação de marginais e para a criminalidade.

Praticamente todas as pessoas já tiveram um parente ou amigo que foi assaltado ou esteve sob a mira de um revolver. Alguns saíram ilesos e outros, infelizmente, perderam a vida para a criminalidade. A ideia de viver um momento como esse ao lado de bens materiais, familiares e amigos instintivamente desperta o instinto de proteção que carregamos, gerando questionamentos sobre quais seriam suas atitudes diante de uma situação como esta.

A grande maioria preocupa-se e teme a abordagem, mas muitos deixam de perceber que é possível tomar algumas atitudes para evitar que a abordagem ocorra. Muitas pessoas que foram assaltadas relatam que perceberam que algo iria acontecer e não fizeram nada. Vidas e pertences, muitas vezes podem ser preservados se atitudes forem tomadas. Mas o que pode ser feito? Como é possível evitar que bandidos realizem uma abordagem?

Para esclarecer esses questionamentos é possível começar com o ponto principal: existem diversas atitudes simples e preventivas que podem ser adotadas para evitar que o assalto ocorra. Confira algumas dicas a seguir.

Esteja atento a tudo na sua volta.

Primeiramente, nunca pense que o assalto não ocorrerá com você. Estar atento, principalmente quando está em lugares com pouco movimento e agindo preventivamente é a melhor chance para evitar que uma abordagem ocorra, pois os assaltantes buscam por pessoas fáceis e distraídas para que a ação seja rápida. Sendo assim, caminhe observando tudo.

Ao identificar um suspeito em potencial, observe suas mãos e se possível seus olhos. Geralmente é possível identificar quando o bandido tem alguma intenção, portanto mesmo que você não tenha certeza considere como se ele realmente tivesse alguma intenção de realizar a abordagem. Para se proteger, mantenha sempre uma distância segura, de 20 metros de um suspeito, por exemplo.

Caso perceba que o suspeito está tentando fechar esse espaço, mude a direção, atravesse a rua ou procure por estabelecimentos, lojas, locais movimentados, com seguranças ou policiais para se abrigar. Se o suspeito seguir em sua direção ou esperar do lado de fora do lugar onde você entrou, procure ajuda, pois certamente ele tem a intenção de te abordar. Se tiver o pressentimento de que alguém vai te abordar nunca feche o espaço, caso não tenha onde se abrigar, corra. Geralmente o bandido não irá correr atrás de você, pois não quer chamar atenção.

Se o bandido correr atrás de você, grite. Não grite “Socorro”, pois essa palavra faz com que as pessoas ao redor recuem com medo. O ideal é gritar “Fogo” para chamar a atenção das pessoas, ou chamar pelo nome de alguém, como “Paulo”, por exemplo. O bandido não vai entender e pode pensar que você está com alguém. Paulo, para o bandido, pode ser um policial ou alguém que pode enfrentá-lo.

Cuidados que devem ser tomados quando estiver de carro.

Quando estiver de carro, dê preferência para estacionamentos pagos e planeje bem os horários de chegada e saída, pois caso pretenda ir embora tarde da noite o local pode estar pouco movimentado e mais perigoso. Se encontrar alguém próximo ao carro passe direto e reavalie a situação. Se tiver dúvidas, ligue para a polícia(190) ou chame um segurança para ir com você até o veículo. Evite sempre ficar muito tempo dentro do carro estacionado, pois você se torna a vítima perfeita.

Com o carro em movimento, mantenha sempre os vidros fechados ou pouco abertos, com as portas sempre travadas.  Caso aconteça uma leve batida no seu veículo em uma rua pouco movimentada não desça do carro, apenas sinalize para que o carro de trás siga você até um local movimentado.  Evite parar em sinaleiras, se o sinal estiver vermelho diminua a velocidade conforme se aproxima para dar tempo do sinal abrir.

Adote uma postura de prevenção!

Valorize a vida, preocupe-se sempre em evitar assaltos e adote uma postura de prevenção. Essas são atitudes simples que podem representar uma grande diferença. Mas acima de tudo, mantenha-se sempre calmo e evite situações que possam lhe expor à algum risco.

Você pode solicitar uma cotação por nosso site, clicando aqui.

Deixe um comentário