Saiba como descobrir se seu veículo foi convocado para recall

Tempo de leitura: 2 minutos

Só em 2015, foram convocados 2,82 milhões de carros e motos no Brasil para voltar às concessionárias em 110 anúncios abertos no ano. Na maioria das vezes um recall acontece no setor automobilístico, mas podem atingir qualquer tipo de produto.

Mas você sabe o que é um recall? Confira abaixo e saiba o que fazer em caso de convocação:

O que é um recall?

É a solicitação de devolução de um loto ou de uma linha inteira de produtos feita pelo próprio fabricante. A maioria dos recalls acontece por problemas relativos à segurança do produto.

Então, basicamente, seu principal objetivo é prevenir acidentes. Além disso, o recall está previsto no Código de Defesa do Consumidor. De acordo com a legislação, o fornecedor deve confirmar o defeito imediatamente, com todas as informações sobre os problemas identificados.

O recall deve incluir modelos fora da garantia e seminovos e as fabricantes são obrigadas a fazer o conserto gratuitamente. Todas as campanhas de recall informam o modelo, data de fabricação e chassi e indicam o local para fazer o reparo.

Como saber se meu veículo foi convocado para recall?

Além das campanhas veiculadas em jornais, TVs e rádio, para descobrir se seu veículo foi ou não chamado para um recall você pode acessar o site do Ministério da Justiça e conferir se ele está ou se algum dia esteve em um. Caso você tenha comprado um veículo usado e quer saber se ele foi para um recall e se o problema foi corrigido, entre no site do Portal de Serviços do Denatran.

E se não levar meu veículo para o recall?

Essa postura é bem comum no Brasil e isso deve mudar imediatamente, pois nem 50% dos carros são levados às concessionárias. Como disse lá no início, um recall acontece principalmente por defeito na segurança. Logo, se você for convocado e não levar seu veículo… estará circulando por aí sem segurança.

Recentemente a Ford convocou recall do Fusion e Edge, feitos entre 2006 e 2012 e 2009 e 2010, respectivamente. O motivo? Airbags mortais. Eles estão expelindo fragmentos metálicos assim que são acionados, levando a ferimentos graves ou fatais.

Consegue perceber a importância de um recall e de atendê-lo?

Gostou desse post?

Então comenta e compartilha com todos que você conhece!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *